segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Empate amargo

Ia ser um jogo complicado, mas a Briosa mostrou estar preparada. Roma começou desde logo a mostrar o porquê de ser ele o titularíssimo na Briosa. Depois, Pavlovic volta a lesionar-se.  Domingos e Pacheco mexem na equipa e o jogo continua equilibrado, até que surge o golo.

E logo, logo a seguir, os centrais da Briosa que tão bem estiveram no golo, teimam em mostrar à exaustão porque se desconfia deles. Mérito total no golo marcado e inteira responsabilidade no golo sofrido.

Até ao fim foi sofrer. Poderíamos ter marcado, mas também podíamos ter sofrido. Destaque para a exibição de Vítor Vinha. Evolui como jogador a cada jogo que passa. A evoluir assim, será seguramente uma opção para a Selecção Nacional. Tem é que continuar a trabalhar com humildade e não ir para Roménias ou Chipres.

3 comentários:

  1. É hábito dizer-se que cada adepto português é um treinador. Tal afirmação ganha contornos de uma maior veracidade quando falamos das convocatórias da selecção nacional para campeonatos do mundo e da Europa. O que propomos é que cada um liberte o treinador que guarda dentro de si e escolha os jogadores que gostaria de ver jogar por Portugal no próximo Verão por terras da Austria e da Suiça.

    http://aminhaseleccao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Obrigado por colocarem o meu blog (Académica em dia 85) na vossa lista de links.

    Só agora é que reparei, desculpem.
    Logo que possivel, retribuirei.

    Abraço academista*

    ResponderEliminar
  3. JOSÉ EDUARDO SIMÕES foi hoje ao Diário de Coimbra FM 101.7 anunciar que se recandidata a presidente da ACADÉMICA. Jogou ao ataque. Deu forte nos caloteiros das quotas. Rematou com um novo director geral. Mandou recados ao empresário de Dame. Enviou indirectas a Santos. Quer continuar a ter Paciência. Diz que é o bom da fita. Prometeu que tem uma cereja para dar aos sócios… e a Charlotte já a descobriu. Quer provar?

    WWW.OSEXOEACIDADE.WORDPRESS.COM

    ResponderEliminar